Quais os tipos de madeira para a área externa

Avalie este item
(1 Voto)
Quais os tipos de madeira para a área externa
 
 
A madeira é um dos produtos de construção mais populares do mundo, particularmente para portas. Agora, as possibilidades estéticas que a madeira apresenta quando usada em decoração, especialmente de áreas externas como jardins ou varandas são praticamente infinitas.
 
Aliás, vale a pergunta...
 
Você tem uma área externa em casa?
 
Se sim, parabéns! Sinta-se privilegiado (a) em manter um local que pode ser ponto favorito para reuniões familiares ou uma zona livre para atividades como meditação e alongamento.
 
Mas...
 
Voltando as vantagens da madeira para a área externa, você deve estar curioso (a) para saber como utilizar essa solução para além das portas de madeira na sua residência.
 
Calma!
 
Logo vamos chegar a parte interessante. Primeiro, você precisa compreender que apesar das inúmeras vantagens e possibilidades que a madeira oferece, ela também apresenta algumas fraquezas.
 
Por exemplo, a madeira NÃO está imune a situações como:
 
  • Apodrecimento
  • Danos causados por insetos
  • Temperatura
  • Umidade
 
Dica útil: A madeira é um material que tem o poder de liberar e absorver água, em busca de harmonia com o ambiente externo. Esse fenômeno é chamado de higroscopia, já ouviu falar? Leia mais sobre o assunto no nosso artigo “Madeira empenou? Entenda por que isso acontece”.
 
Considerando esses aspectos, você deve observar que, para cada utilização da madeira em sua casa, é necessário escolher a espécie que se adequa melhor ao projeto da área externa.
 
Saiba que algumas madeiras resistem à deterioração melhor do que outras.
 
Cada escolha, portanto, deve estar de acordo com as necessidades do seu plano de construção ou reforma e, claro, do orçamento disponível.
 
Acredite, esse cuidado vai ser decisivo para o sucesso do seu projeto.
 
Embora a madeira possa exigir mais manutenção do que outras matérias-primas, não há como contestar: é a escolha mais bonita. Se ainda tem alguma dúvida sobre essa opção, leia o nosso artigo sobre decoração com madeira.
Agora sim! Vamos conhecer os tipos de madeira mais indicados para a área externa da sua casa.
 
1. Madeira Maciça
Lembre-se do que falamos anteriormente. Ao instalar móveis ou até pisos de madeira na área livre da sua casa, considere fatores como o clima e a exposição direta à luz solar.
 
Logo, a primeira opção para mobiliário ou piso da área externa de uma residência é a madeira maciça, que é um tipo de madeira trabalhada em seu estado puro.
 
É a alternativa perfeita para quem busca elegância, qualidade e solidez. Resistente a umidade e calor intenso, a madeira maciça é ideal para quem aprecia um estilo mais rústico e peças que podem ser utilizadas por muito tempo, sem necessidade de trocas imediatas.
 
Veja algumas espécies de madeira maciça encontradas no mercado nacional:
  • Cumaru:com o tom castanho-claro e amarelado, essa espécie é uma boa opção para as áreas externas, especialmente se utilizada para espaços gourmet. A madeira resiste bem à deterioração por exposição a água ou sol e apresenta durabilidade superior a 12 anos.
  • Ipê:forte e estável, o ipê resiste a deformações e rachaduras, além de aguentar bem ao ataque de fungos e cupins. Essa espécie é indicada para bancos ou cadeiras, pois é versátil e sofisticada com sua paleta natural de cores, que vai do castanho-esverdeado ao pardo.
  • Maçaranduba:é uma madeira sólida e de coloração castanho-avermelhada. É importante destacar a sua resistência ao ataque de fungos e cupins subterrâneos. Pela durabilidade que apresenta é utilizada em mobiliário de alta qualidade. Como o cheiro dessa madeira é imperceptível, ela é indicada também para quem tem alergias ou prefere um material de odor neutro.
  • Mogno:madeira moderadamente pesada, considerada nobre e elegante. As tonalidades que variam do castanho avermelhado ao rosado tornam essa espécie inconfundível. Vibrante, com brilho sempre presente e textura média, é uma madeira que oferece como vantagem um excelente acabamento, por isso é muito utilizada em mobiliário de alto padrão. Resistente ao ataque de fungos e insetos, o mogno é usado, ainda, na fabricação de painéis, lambris e assoalhos.
 
2. Madeira de Reflorestamento
As madeiras de reflorestamento são provenientes de árvores que foram replantadas. O reflorestamento é uma solução de escala global para repor áreas que tiveram a vegetação removida pelas forças da natureza ou ações humanas (queimadas, exploração de madeira etc.).
 
Nesse caso, é feito o plantio de árvores de crescimento rápido, para que possam substituir as madeiras nativas em diversos usos, tendo em vista que esses tipos têm o crescimento mais lento.
 
A madeira de reflorestamento, portanto, despontou no mercado moveleiro e de decoração de interiores. Ela é largamente utilizada em móveis, janelas, portas e pisos de varanda.
 
Conheça alguns tipos de madeira de reflorestamento:
 
  • Araucária:é uma das favoritas do setor moveleiro devido a praticidade no manuseio
 
  • Eucalipto:é considerada a árvore de reflorestamento mais plantada no Brasil. O Eucalipto pode ser do tipo “Grandis”, de cor clara, ou “Citriodora”, que apresenta tonalidade mais escura.  Essa madeira tem como características durabilidade e qualidade.
 
  • Pinus:é uma madeira de aspecto amarelado, semelhante ao marfim, e com muitos nós (marcas arredondadas e escuras). Mas, tem a textura fina e é macia ao corte. Resistente, o Pinus é recomendado para móveis da área externa como sofás e poltronas, pois a tonalidade clara resulta em um layout mais delicado.
 
  • Teca:como resiste bem à deterioração é uma madeira apropriada para qualquer projeto na área externa, especialmente para os móveis que ficarão expostos ao sol e chuva. Para completar, a madeira tem uma aparência bonita, rústica e elegante.
 
4. Madeira MDF
Uma das opções mais populares, atualmente, a madeira MDF também é uma boa pedida para sua varanda ou jardim.
 
Resultado da aglutinação de fibras de madeira e resina sintética, o MDF é muito utilizado na fabricação de peças que exijam detalhes em cortes, relevo e entalhamento.
 
Multifuncional, elegante e com excelente acabamento, esse material é indicado para armários, divisórias, estantes e prateleiras, pois tem textura suave e é durável.
 
Lembre-se: a beleza também está nos detalhes!
 
5. Madeira MDP
O MDP tem a vantagem de ser parecida com a madeira maciça, porém, com um preço mais acessível. O material é obtido através do processo de aglutinação de partículas de madeira e submetida a altas temperaturas.
 
O detalhe interessante dessa composição é de que ela é feita a partir de madeira de reflorestamento. Isso quer dizer que o material, além de resistente, é sustentável.
 
Você pode utilizar o MDP em peças com linhas simples e planas como prateleiras ou nichos. É um material leve e bonito.
 
Para manter a integridade dos móveis da área externa fabricados com esse material, é recomendado a impermeabilização desse tipo de madeira. Esse cuidado vai proteger as peças das chuvas e da exposição direta ao sol.
 
Aliás, descubra aqui algumas dicas valiosas que ajudam a preservar a madeira.
 
6. Madeira em Fortaleza
Bem, agora que você já conhece algumas soluções em madeira para sua área externa, falta apenas saber onde encontrar madeira em Fortaleza, com preços acessíveis e atendimento especializado.
Na Madeireira São José, você vai encontrar tudo que precisa para construir ou reformar a área externa da sua casa. Além de um time de colaboradores preparados para dar suporte a escolha dos materiais adequados ao seu projeto, a empresa oferece o melhor custo benefício, de acordo com o seu orçamento.
Na Madeireira São José, você encontra portas, janelas, maçanetas e tudo que precisa para sua construção ou reforma.
Para viabilizar ainda mais a sua vida, o contato pode ser feito via WhatsApp: (85) 98736-4368, (85) 98902-2126. Outros números para contato: (85) 3471-2739 (Araturi), (85) 8865-5840.